Grávida Pode Comer Chocolate e Nutella?

Grávida Pode Comer Chocolate e Nutella?

chocolate na gravidez deixa o bebe agitado?

A grávida pode comer chocolate e nutella sim!

Anúncios

Os especialistas afirmam que a quantidade da cafeína encontrada no chocolate se caracteriza pequena, e mesmo assim, não existe nada que faça comprovação que a ingestão moderada dos alimentos que tenham cafeína possa ser ruim para a grávida ou bebê.

Na realidade, existe até um estudo finlandês apontando que as gestantes que consumiram chocolate e nutella na gestação acabaram tendo bebês mais calmos.

Mais uma pesquisa indica também que o chocolate, em especial o chocolate de tipo meio-amargo, pode auxiliar na prevenção de complicações da gestação, sendo exemplo pré-eclâmpsia, caracterizada por excessivo aumento de pressão, e proteína em urina presente.

É claro que a moderação deve sempre representar a norma, pois o chocolate em excesso pode dar azia e enjôo, e também fazer a mulher engordar além da conta, por se tratar de alimento calórico.

Pode Comer Chocolate e Nutella, Frituras, Refrigerantes e Massas?

A gestante pode comer estes alimentos, o problema não está no consumo, e sim no exagero.

Na rotina alimentar equilibrada, existe lugar para o chocolate e a nutella, coxinha da padaria, pastel da feira, ou macarrão. O segredo é dosar.

Os médicos indicam que as grávidas ganhem de 9 quilos a 12 quilos na gravidez, segundo o peso dela anteriormente a engravidar.

Para tal, elas necessitam ter dieta controlando as calorias. Nas condições normais, a mulher deve comer de 1800 calorias a 2000 calorias a cada dia.

Logo ao engravidar, tal média fica mais flexível, de 1800 calorias a 2200 calorias por dia.

Depois do sexto mês, a necessidade energética fica maior, chegando a 2200 calorias a 2500 calorias por dia. Para fazer tradução destes números nos pratos, o ideal é procurar orientação dos nutricionistas.

Nas linhas gerais, as gestantes com peso adequado devem somente manter a dieta.

E para obesas ou apresentando sobrepeso necessitam readequar a alimentação e fracionar a mesma nas várias refeições ao dia.

Leia também dicas relacionadas para gestantes:

Desejo Imenso por Doces, chocolate e Nutella!

A gestação leva a grávida para estado ansioso.

Trata-se de várias dúvidas e expectativas simultaneamente, sem contar as alterações profundas fisiológicas, em especial hormonais.

O prazer gerado por açúcar e massas, no geral, confere para gestante a sensação aliviada de sintomas, mesmo que seja passageiro e sutil.

Além disso, o fato que os alimentos aplacam a cobrança da mãe sobre si de nutrição do filho.

A idéia de que prazer gerado por açúcar contrapõe-se para ansiedade da gestação é mito.

A mesma apenas é bastante difundida porque funciona como justificativa conveniente para que a grávida consuma doces sem culpa.

Assim, não vale se iludir, a dica é procurar mais meios que são mais saudáveis para lidar com sensação ansiosa, e se tiver desejo de consumir doce, seguir a disciplina alimentar.

Sobre a dúvida do que pode comer em lanches para saciar a fome sem ganhar peso. Inicialmente, fazer lanches de manhã, tarde e noite.

A sugestão é fazer vitaminas de fruta com leite e adicionar farelo de aveia ou farinha de linhaça como exemplo.

Vale ainda consumir pães ou bolachas produzidos com produto integral.

Os cereais integrais com iogurte ou leite e fruta desidratada geralmente são práticas opções e também saudáveis ao lanche.

Vídeo | Grávidas comem chocolate e nutella antes do ultrassom. Veja o que acontece!

Vídeo | Mitos e verdades: tudo sobre o chocolate