Grávida Pode Usar Repelente? Faz mal na gestação?

Grávida Pode Usar Repelente? Faz mal na gestação?

gravida pode usar repelente de tomada?

A grande dúvida: até quando usar repelente na gravidez?

Anúncios

A gestante deve se proteger da picada dos mosquitos, em especial por causa do risco das enfermidades virais transmitidas por estes, sendo exemplo a febre amarela, dengue.

Já se sabe que os mosquitos podem fazer transmissão de várias doenças, assim a prevenção se caracteriza a estratégia ideal.

É essencial ter atenção com produtos no combate aos insetos e certificar-se de que se resumam seguros à gestante e ao bebê.

Usar Repelentes Contra Insetos na gravidez?

Além de repelente comum, sendo exemplo em spray ou em creme, as gestantes podem utilizar ainda o repelente caseiro, à base de cravo-da-índia, álcool, ou inseticida elétrico.

Uma receita é deixar em mergulho no álcool o cravo-da-índia durante ao menos 4 dias, e na seqüência, misturar este líquido com suave óleo, de exemplo óleo para bebê.

Grávida pode usar pulseira de citronela?

As velas de citronela e óleo essencial da citronela, cravo ou eucalipto ainda auxiliam para que os mosquitos sejam mantidos longe da casa.

Apenas é necessária bastante atenção com vela acesa pela casa.

Sempre as posicionar inteiramente longe das crianças ou animais, e nunca deixar a vela acesa em ambiente sem pessoas.

Os médicos fazem recomendação que gestantes utilizem repelentes adequados na gestação, já que as conseqüências possíveis das enfermidades desenvolvidas a partir da picada do inseto podem se mostrar graves.

No geral, os repelentes aos bebês e crianças se caracterizam também seguros às gestantes.

É necessário lembrar-se da reaplicação dos sprays e cremes a período de cada 6 horas.

Aplicar o repelente ainda na roupa que estiver usando.

Em determinadas situações existe distribuição gratuita do repelente nas unidades básicas de saúde, é importante se informar.

Usar Roupas Adequadas

A cor escura tende a atrair o mosquito. Assim, preferir peças claras e que sejam capazes de cobrir a maior parte do corpo, as calças longas e mangas longas são exemplos.

Mais uma dica é que as peças não sejam apertadas, já que os mosquitos às vezes, são capazes de atacar através da roupa.

Pelo verão, para quem ficar com calor, selecionar roupas leves com tecido natural, o algodão é um exemplo.

Os especialistas orientam atualmente borrifar o repelente, não o inseticida, no spray pela roupa também, a gerar uma barreira a mais contra inseto.

Leia também:

Telas nas Janelas e Portas

De modo a evitar que mosquitos entrem na casa, optar pela instalação das telas contra mosquito nas janelas e portas de acesso.

Quando instaladas, há necessidade de verificar com regularidade se não existe qualquer buraco ou o vão, em que insetos consigam entrar.

A enorme vantagem de telas é que a casa possa ficar aberta e ventilada pelo dia todo, sem a preocupação dos mosquitos invasores.

Em relação aos perfumes fortes, é ideal evitar. Os aromas adocicados das frutas ou aromas florais tendem a atrair o mosquito.

Assim, anteriormente à compra, abrir e cheirar com atenção as embalagens dos sabonetes, shampoos, cosméticos, cremes.

O ideal é utilizar produtos que não tenham cheiro. Para quem não abre mão de determinado aroma, o ideal é se direcionar a algo que afaste mosquito, como citronela, cravo, lavanda ou capim-limão.

Vídeo | Qual o melhor repelente para gestantes ?

Vídeo | Qual repelente usar em grávidas e bebês