Grávida Pode Tomar Chá de Erva-Doce?

Grávida Pode Tomar Chá de Erva-Doce?

gravida pode tomar cha de erva-doce para gases?

Gravida pode tomar chá de erva-doce para gases?

Anúncios

A mulher que gosta da bebida de sabor leve, fria ou quente, não deixar de consumir o chá apenas porque se encontra gestante.

Os chás de erva-doce, camomila, folha de laranjeira, funcho, frutas no geral e capim-limão são muito agradáveis, auxiliam para manter o organismo hidratado e não geram transtornos.

Anúncios

É importante, de toda forma, estar em dia em relação ao pré-natal e procurar sempre orientação anteriormente ao consumo das bebidas ou ervas diversas do costume.

Anúncios

O chá de erva-doce é fonte de nutrientes, a planta medicinal usada em preparar o chá tem composição de nutrientes fundamentais ao funcionamento do corpo, sendo exemplo ferro, fibras, zinco, cobre, cálcio, vitaminas do complexo B, vitamina A e a vitamina C.

Benefícios do Chá de Erva-Doce na gestação

O chá de erva-doce é bom para saúde do sistema digestivo.

A erva-doce é usada de planta medicinal a ajudar o sistema digestivo desde épocas antigas por ancestrais egípcios e romanos.

A revisão de Marco Valussi com publicação em edição de 2012 de International Journal of Food Sciences and Nutrition, fez relato que a ingestão da planta medicinal elevou de modo espontâneo a motilidade gástrica, que é a capacidade de movimentação, e ainda a secreção do ácido gástrico nos animais.

Distúrbio gastrointestinal em gestantes

O autor também destacou que a combinação das ervas, sendo presente a planta medicinal, acabou com a dor intestinal nos pacientes com diagnóstico de colite crônica não específica, que se caracteriza inflamação em intestino grosso.

E de acordo com informação de Enki Village, as propriedades antioxidantes da planta e substâncias presentes, como fenchona e anetol fazem com que o chá ajude a tratar distúrbio gastrointestinal.

O chá de erva-doce é usado de forma tradicional de medicamento natural a acalmar cólicas dos bebês.

Um estudo com divulgação em 2003 em publicação Alternative Therapies, afirmou que o extrato da erva-doce eliminou a cólica em 65% de bebês avaliados em experimento.

Mas, anteriormente a oferecer a planta aos pequenos é essencial dialogar com o pediatra que faz acompanhamento para saber se a utilização da planta medicinal tem permissão ao bebê.

Leia também dicas importantes de:

Considerações finais

A planta medicinal ainda tem uso de remédio caseiro ao tratamento de sintomas dos problemas como tosse crônica e bronquite.

O chá de erva-doce pode ainda auxiliar para que o catarro seja solto do sistema respiratório.

O mau hálito ou halitose, normalmente surge na decorrência do problema digestivo, o que determina o chá de erva-doce como auxiliar provável em combater o problema desagradável, pois promove a saúde em relação ao sistema digestivo. E a bebida possui fresco aroma.

Para reduzir o mau hálito, a dica é usar o chá de erva-doce de enxaguante bucal.

A erva-doce ainda pode auxiliar para tratamento de olhos com dor ou inchados de manhã, sem contar infecções em local.

A dica é molhar a bolinha de algodão na bebida e aplicação em olhos.

A planta medicinal também pode favorecer o fortalecimento cardíaco. Isto porque a planta medicinal é fonte das vitaminas e antioxidantes, é mais um benefício importante sobre a erva-doce.

Vídeo | Benefícios da erva doce – Nutricionista Karin Honorato

Vídeo | Spray Cicatrizante Calêndula com a planta medicinal

Quais são os benefícios e malefícios da erva doce?

Erva doce é planta medicinal de origem do Mediterrâneo, que tem cultivo nas áreas de clima subtropical e temperado.

E é dotada das propriedades estimulantes, antiespasmódicas, vermífugas, relaxantes, antiinflamatórias, antirreumáticas, antioxidantes e diuréticas.

10 Benefícios do Chá de Erva Doce

É importante entender para que serve e conhecer os benefícios principais do chá de erva doce para boa forma e saúde, segundo as propriedades dos seus nutrientes.

Os benefícios do chá de erva doce:

  1. saúde do sistema digestivo
  2. é fonte de nutrientes
  3. alivia cólica
  4. para problemas respiratórios
  5. alivia sintomas menstruais e de menopausa
  6. combate hálito ruim
  7. saúde dos olhos
  8. combate retenção do líquido
  9. saúde do coração
  10. combate radicais livres

A planta medicinal usada em preparar o chá é composta pelos nutrientes de importância ao funcionamento do corpo como ferro, fibras, zinco, cálcio, vitamina A, cobre, vitamina C, e vitaminas do complexo B.

A planta medicinal é ainda usada de remédio caseiro ao tratamento de sintomas dos problemas, sendo exemplo a tosse crônica e bronquite.

O chá de erva doce pode ainda auxiliar a soltar catarro em relação ao sistema respiratório.

A erva doce pode ajudar ainda no tratamento do olho dolorido ou inchado de manhã, sem contar infecções em local.

A receita é que a bolinha de algodão seja molhada em chá de erva doce e aplicação nos olhos.

A erva doce também pode favorecer o fortalecimento cardíaco. Isto porque a planta medicinal é fonte das vitaminas e antioxidantes.

A erva doce tem propriedades antioxidantes, e por causa disso é possível afirmar que a mesma favorece o combate de radicais livres, as malignas substâncias com presença no corpo que podem contribuir para enfermidades como Alzheimer, câncer, derrame, sem contar promoverem envelhecimento precoce.

O chá de erva doce é usado de modo tradicional de remédio natural a aliviar cólicas nos bebês.

O estudo com divulgação em 2003, em Alternative Therapies, apontou que extrato de erva doce tirou cólica em relação a 65% de bebês que foram avaliados em experimento.

Mas, anteriormente a dar a planta aos pequenos, é essencial dialogar com o pediatra para verificar se a utilização de erva doce está permitida ao bebê em questão.

Cuidados do Uso

Ao ser usado moderadamente não se espera que erva doce gere efeitos colaterais.

Mas, o excesso da utilização da planta pode gerar coceira, fotodermatite, erupção cutânea, que se caracteriza reação anormal desenvolvida por pele na exposição para sol.

As gestantes e indivíduos propensos a sofrer convulsões ou que ingerem medicamento ao problema não devem fazer ingestão da erva doce.

E lactantes e com condições estrógeno-dependentes devem conversar com o médico anteriormente.

E, os indivíduos com alergia ao aipo e cenoura podem sofrer reações alérgicas no contato com erva doce.

Anteriormente a usar o chá de erva doce de auxiliar do tratamento a qualquer condição da saúde, consultar o médico para garantia que é realmente adequado ao próprio caso.

E, não confiar apenas em erva, e seguir tratamento integral recomendado por profissional.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.