Quantas gotas de Berotec utilizar? Veja efeitos colaterias!

Quantas gotas de Berotec utilizar? Veja efeitos colaterais!

quantas gotas de berotec e atrovent para nebulização

O Fenoterol é princípio ativo do remédio popular comercialmente como Berotec, que pode ser encontrado na farmácia convencional como xarope.

Anúncios

Fenoterol se mostra medicamento broncodilatador utilizado ao tratamento da asma, enfisema ou bronquite, já que age em vias respiratórias a facilitar que o ar passe em aproximadamente 3 horas.

Efeitos Colaterais do Berotec

Efeitos colaterais fazem inclusão dos tremores leves, taquicardia, nervosismo, vertigens, inquietação, fadiga, palpitações, sudorese, dor de cabeça, reações alérgicas, secura da boca, tosse.

Anúncios

Fenoterol tem contraindicação às lactantes e gestantes, como aos pacientes com estenose aórtica, hipertiroidismo, hipersensibilidade para qualquer componente presente em fórmula, ou taquicardia.

Quando o Berotec é Indicado?

Fenoterol, Berotec, é indicado em tratar crises agudas da asma, e ainda em prevenir asma induzida pelo esforço, como em bronquite obstrutiva crônica, transtornos bronco pulmonares e enfisema.

O modo de uso de Fenoterol como xarope varia segundo a idade, e a dosagem recomendada se caracteriza para xarope adulto, a incluir idosos, no caso das crianças de 6 a 12 anos de idade, é meio copo medida correspondendo a 5 ml, 3 vezes diariamente, e para adultos, meio a um copo medida de 5 a 10 ml, 3 vezes diariamente.

Já sobre o xarope pediátrico, crianças com idade de 6 a 12 anos, é 1 copo medida de 10 ml, 3 vezes diariamente, e para crianças de 1 a 6 anos, meio a 1 copo medida, ou seja, 5 a 10 ml, 3 vezes diariamente, e para crianças menores de 1 ano, é meio copo medida correspondente a 5 ml, 2 a 3 vezes diariamente.

Berotec, Solução Gotas

Este medicamento possui de princípio ativo o bromidrato de fenoterol.

E o Berotec serve para tratamento sintomático de crise aguda da asma e mais doenças com constrição reversível de via aérea, como exemplo, a bronquite obstrutiva crônica.

Deve-se levar em consideração adotar um tratamento antiinflamatório concomitante aos pacientes sofrendo da crise de asma ou Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica que mostre resposta para tratamento usando esteróides.

E para profilaxia de asma induzida pelo exercício.

Sobre as reações adversas do Berotec, como ocorre com mais beta-agonistas, Berotec pode gerar efeitos colaterais seguintes, a incluir hipocalemia.

Como ocorre com as terapias inalatórias todas, Berotec solução pode apontar sintomas da irritação local se administrado pela inalação.

Inalação com Berotec é perigosa?

Os efeitos colaterais são hipersensibilidade, agitação e nervosismo, hipocalemia, cefaléia, tontura, tremor, arritmia, isquemia de miocárdio, palpitações, taquicardia, tosse, irritação de garganta, broncoespasmo paradoxal, vômito, náusea.

Ainda hiperidrose, reação da pele como prurido, erupção cutânea, urticária.

E aumento em pressão sanguínea sistólica, redução em pressão sanguínea diastólica. E espasmo muscular, fraqueza muscular, mialgia.

Sintomas esperados da superdosagem se mostram os mesmos da estimulação excessiva beta-adrenérgica, a incluir aumento em exagero de efeitos farmacológicos conhecidos, portanto, qualquer um dos descritos em reação adversa, sendo os de maior proeminência palpitações, taquicardia, alargamento de pressão do pulso, e tremor, hipertensão, dor tipo angina, arritmias, hipotensão, rubor.

E foi notada ainda acidose metabólica associada com fenoterol, quando usando nas doses maiores à recomendada para indicações do Berotec.

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.