Albendazol para que serve e quais são os efeitos colaterais?

Albendazol para que serve e quais são os efeitos colaterais?

albendazol suspensão, posologia e preço

Albendazol é utilizado ao tratamento de enorme variedade das condições geradas por parasitas ou vermes.

Anúncios

Estudos apontam que albendazol tem eficácia em tratar infecções por Necator americanus, Ascaris lumbricoides, Enterobius vermicularis, Ancylostoma duodenale, Strongyloides stercoralis, Trichuris trichiura, Taenia spp. E Hymenolepis nana.

De opistorquíase e Larva migrans cutânea. E da giardíase nas crianças.

Reações Adversas do Albendazol

Alguns efeitos indesejáveis com relação à utilização do albendazol têm descrição abaixo.

Ao apresentar estes ou mais sintomas gerados por utilização do remédio, informar o médico.

Anúncios

Reação incomum que acontece entre 0.1% e 1% de pacientes que usam esse remédio:

Reação rara que acontece entre 0.01% e 0.1% de pacientes que usam esse remédio:

  • alergias, e elevação de níveis de determinadas enzimas do fígado.

Reação bastante rara, que acontece em quantidade inferior a 0.01% de pacientes que usam esse remédio:

  • a vermelhidão de pele, doença conhecida de síndrome de Stevens-Johnson, esta é caracterizada pela vermelhidão intensa, lesões e descamação da pele, sendo possíveis sintomas sistêmicos graves.

Informar ao médico, dentista, ou para farmacêutico o surgimento das reações indesejáveis por utilização do remédio.

Informar ainda para empresa por meio do serviço de atendimento.

Ação do Albendazol

Albendazol é pertencente à classe dos compostos anti-helmínticos e antiparasitários benzimidazólicos.

Tal remédio possui capacidade da eliminação dos parasitas e vermes do organismo da pessoa, os matando.

Albendazol se caracteriza medicamento antiparasitário bastante usado em tratar infecções ocasionadas pelos parasitas intestinais e também giárdia, atuando de modo a deformar o parasita, e ainda impedir sua sobrevivência no interior do corpo da pessoa.

Tal medicamento pode ser adquirido em farmácia convencional com nome comercial de Parazin, Zentel, Albentel, ou Monozol, sob forma de xarope ou comprimidos.

O modo de utilização de Albendazol muda segundo o verme intestinal, com a recomendação de 400 mg na dose única diária, por 3 dias, para teníase ou estrongiloidiáse.

E 400 mg na dose única diária, por 5 dias, para giardíase.

Tal medicamento deve ser tomado com alimentos, já que deste modo aumenta em até 5 vezes o próprio grau da absorção, em especial se o alimento for rico na gordura.

Contraindicação de Albendazol

Não usar esse remédio se estiver grávida, com suspeita de gravidez, ou planeja engravidar.

Se for hipersensível, alérgico, para albendazol, para remédios similares com albendazol, ou a qualquer mais componente encontrado em fórmula.

Evitar Infecções Futuras por Parasitas ou Germes

De modo a evitar infecções futuras pelos parasitas ou germes, é dever aplicar algumas medidas como prevenção.

As medidas gerais para prevenção contra as verminoses são evitar andar descalço, manter as instalações sanitárias limpas e fazer lavagem da mão depois de usar essa instalação.

E cortar as unhas e mantê-las limpas, lavar e cozinhar bem o alimento, beber água filtrada ou água fervida.

Combater insetos, manter alimentos e depósitos de água em modo coberto. Lavar utensílios domésticos, assim como lavar as mãos anteriormente às refeições.

E ferver roupas íntimas e de cama. Tais medidas estendem-se para todos os membros familiares.

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.