O que Pode Ser Dor no Meio do Tórax? - Será Que Pode

O que Pode Ser Dor no Meio do Tórax?

dor no meio do torax ao respirar fundo

Será que Dor no Meio do Tórax pode ser início de infarto?

Anúncios

A dor súbita pelo peito que ocasiona sinal de alerta e que é associado logo ao infarto.

No entanto, nem sempre este incômodo aponta problema grave de saúde.

É essencial consultar o médico ao descarte de condições de risco, porém, anteriormente a seguir para o hospital, é interessante conhecer determinadas causas comuns para dor no peito que vão além de infarto.

Dor no Meio do Tórax  e Sintomas de Confusão com Infarto

Tensão Muscular

As dores em músculo torácico podem também ser confundidas com ataque do coração, no entanto, não apontam condição grave.

A forma de verificar é com pressão da área do peito, e se perceber incômodo bem intenso, de modo provável é somente lesão momentânea gerada pelo exercício excessivo.

Azia

Trata-se de condição muito simples, e pode na realidade ser confundida com o infarto, pois a sensação da queimação pelo estômago pode seguir acima ao esôfago, gerando desconfortos e dores na área peitoral.

  • Costocondrite

Por ocasionar também a dor torácica, a inflamação que tem caracterização por encontro da cartilagem com osso da costela pode causar incômodo pelo peito, sem representar indício da condição de maior gravidade.

Geralmente, o paciente percebe uma espécie de pressão em parede do tórax e um alívio ao pressionar a área.

  • Pericardite

Se a pessoa estiver tratando infecção viral e subitamente sente a dor aguda, semelhante a uma pontada no peito, a mesma pode ter desenvolvido pericardite, a inflamação em camadas do tecido, as camadas que cercam o coração, no entanto, que não tem associação com infarto.

Doença Coronariana

A doença cardíaca gerada pela placa acumulada em artérias, fornecedoras de sangue para o coração.

No decorrer do tempo, os depósitos do colesterol alojam-se pelas paredes destas artérias, o que pode gerar bloqueio de fluxo de sangue e provocar a dor pelo peito.

  • Pancreatite

É uma inflamação súbita do pâncreas, que causa a dor de abdômen intensa, profunda, e que irradia ao tórax.

Mesmo não sendo grave como é o infarto, o problema demanda cuidado médico, quanto mais rápido for possível.

Sintomas do Infarto

Se por um lado nem sempre as dores pelo peito indicam infarto, mais sintomas que parecem simples podem representar iniciais sinais da condição de maior gravidade.

Alguns dos sintomas que as pessoas podem não conhecer de indício de que está a sofrer de infarto:

  1. suor frio
  2. queimação pelo estômago sem associação com alimento
  3. vômitos e náuseas
  4. dor nas costas
  5. falta de ar
  6. fadiga excessiva
  7. dor pelo peito que se irradia aos braços ou pescoço
  8. incômodo pelo peito que surge depois de praticar exercícios e some ao repousar

Veja também:

Síndrome do Pânico e Refluxo Gastroesofágico

Trata-se de 2 doenças que causam incômodo no peito, a síndrome do pânico e o refluxo gastroesofágico.

Sobre a síndrome do pânico, na crise da ansiedade é comum que a pessoa relate opressão pelo peito.

A sensação da iminente morte é mencionada ainda, o que leva para incerteza em relação ao diagnóstico.

E para refluxo gastroesofágico, o distúrbio gera queimação e dor em meio do tórax, especificamente em área onde termina o esôfago e inicia o estômago.

Vídeo | Dores no peito podem apontar complicações

Vídeo | Dor no Meio do Tórax pode ser início de infarto

O que Pode Causar Dor no Tórax?

Quando aparece o aperto no peito, o fator inicial que surge em mente é que pode se tratar de um infarto.

No entanto, nem sempre esta é a razão do incômodo. Os motivos são os mais diversos, partindo de gases para embolia pulmonar.

O que é recomendado por especialistas é que a pessoa que percebe qualquer dor pelo tórax deve ir ao médico para diagnosticar precisamente, e descarte de suspeita de condição grave.

O paciente deve buscar de modo imediato a unidade médica, evitando se auto medicar.

Trata-se de perigo, o indivíduo tem dor torácica e permanece se medicando, a imaginar que dor com gases, apenas uma dor gástrica, e toma o comprimido, utiliza o medicamento, isto por vezes é algo perigoso.

O médico é profissional que poderá afirmar se é dor de características cardíacas ou não é.

Além dos problemas coronarianos, a dor pelo peito pode representar mais fatores como esofagite, gastrite, enfermidades pulmonares, doenças gástricas, lesão muscular, e distensão muscular.

Mais problemas de maior gravidade que infarto podem apresentar de sintoma a dor pelo peito.

E além de casos do infarto que devem ser inicialmente pensados, existem mais situações, de exemplo o aneurisma dissecante da aorta, o vaso principal do organismo, que por causa de mudanças prévias, pode ficar frágil e permanecer na situação de iminente risco.

Assim, o diferencial diagnóstico se mostra essencial.

Ainda de exemplos, a síndrome torácica aguda, tromboembolismo pulmonar. Somente os exames podem apontar o que tem o paciente.

E determinadas condições devem ser investigadas, a fazer eletrocardiograma, exames iniciais e laboratoriais simples, e diálogo a apontar o mecanismo de dor.

A dor com associação a mais sintomas é que pode fazer indicação do infarto ou diverso problema no coração.

Se a dor é forte e não passa de modo rápido, o indivíduo deve buscar serviço especializado a fazer avaliação melhor.

Ou se determinada característica como o aperto ocasionar mal-estar profundo e a dor ter irradiação ao braço esquerdo.

Por vezes, tal regressão pode seguir à dor estomacal, tontura, sudorese.

As pessoas que têm fatores de risco como colesterol alto, diabetes, hipertensão e tabagismo, histórico de problema cardíaco familiar, deve ter atenção se sentir dor pelo tórax.

E alguns estudos americanos e canadenses indicam que pelo inverno a quantidade de infartos fica maior de modo considerável. Mas, tal realidade não é tão comum no país.

Há muitas causas possíveis para dor pelo peito. A mesma ainda pode estar de forma direta ligada com alguns órgãos.

As causas associadas com coração, a angina, infarto, pericardite, dissecção aórtica.

E sobre causas associadas com trato digestivo há úlcera ou gastrite, azia ou refluxo gastroesofágico, doenças em esôfago que dificultam deglutir, espasmo em esôfago, vesícula biliar e problemas com pâncreas.

E causas associadas com ossos e músculos, se pode citar dores musculares, síndrome costosternal, costelas lesionadas.

Sobre causas ligadas com pulmão, pleurisia, embolia pulmonar, hipertensão muscular, pneumotórax.

E a dor no peito ainda pode estar relacionada com mais problemas, como herpes-zóster e ataque de pânico.