Dor nas Costas ao Respirar? Lado esquerdo e direito - Será Que Pode

Dor nas Costas ao Respirar? Lado esquerdo e direito

dor nas costas ao respirar fundo lado esquerdo

A dor nas costas ao respirar é normalmente relacionada com uma costela distendida, onde a costela firma no lado da espinha.

Anúncios

Cada vez que a pessoa inala e exala, os pulmões vão inflar com ar e então esvaziar novamente.

As costelas devem ser flexíveis e saudáveis para assegurar que a respiração acontece desimpedida e o resto do corpo funcione adequadamente.

Quando a costela está distendida, a cabeça da costela vai friccionar no lado do disco, causando a costela a seguir em um aperto protetor para manter a costela imóvel.

A junção da costela para espinha não vai seguir coordenada, o que pode levar aos problemas com funções do peito, a respiração.

Isso é o que causa costas excruciantes e às vezes até dor no peito quando respirando.

Além disso, tossir repetidamente, como parte de uma infecção no peito a partir da gripe ou pneumonia, por exemplo, pode deixar a pessoa com a costela distendida, o que pode levar à dor nas costas ao respirar.

4 Causas Médicas da Dor nas Costas ao Respirar

1 – Ferimento

Qualquer ferimento ao peito pode causar dor ao respirar.

Se quebrar a costela, a parede do peito vai continuar com a respiração normal, causando fragmentos pequenos de costela quebrada a friccionar juntos e causar dor.

Se machucar ou puxar um músculo, o mesmo tipo de dor pode ocorrer.

2 – Infecção Pulmonar

Uma infecção pulmonar pode tornar muito difícil a respirar.

Por exemplo, a pneumonia pode causar falta de ar, e sintomas de febre, e quanto mais longos os sintomas, mais dolorosa cada respiração vai ser.

3 – Coágulos de Sangue

Uma embolia pulmonar, um coágulo de sangue nos pulmões, pode levar ao problema em respirar ou falta de ar.

4 – Condições Cardíacas

O coração está cercado de uma camada de tecido chamada de pericárdio, que liga o revestimento dos pulmões.

A inflamação que ocorre nos pulmões vai causar dor em cada respiração se o pericárdio ficar inflamado.

A dor nas costas extenuante ao respirar também foi associada com pessoas que são obesas ou acima do peso.

O excesso de peso pode colocar grande estresse sobre a espinha e obstruir a passagem de ar, o que causa falta de ar.

Maneiras Naturais para Tratar a Dor nas Costas ao Respirar

  • Levantar-se e movimentar-se
  • Compressas quentes e frias
  • Minimizar pressão sobre as costas

Sobre levantar-se e se movimentar, é claro, o corpo precisa descansar, mas não deitar sobre as costas o dia todo, manter-se ativo e com movimento através da atividade leve.

Se a dor é insuportável, então deitar-se por algumas horas antes de ser ativo novamente.

Se estiver sofrendo de dor nas costas ao respirar, o médico vai avaliar quão grave é a dor, e tratar adequadamente.

A boa notícia é que na maioria dos casos, a dor nas costas pode desaparecer com descanso simples, fisioterapia, e exercícios em casa.

Assim, não há razão para desespero, e o ideal é procurar ajuda se necessário for.

Vídeo | Dor nas costas pode ter origem traumática

Leia também:

O que Pode Ser Dor nas Costas do Lado Esquerdo e Direito?

Ao exagerar, seja durante atividades da rotina, exercício vigoroso ou em esportes, as costas podem sofrer.

É possível tensionar ou distender as costas, ou até causar um disco a sair do lugar e pressionar um nervo, uma condição conhecida como disco herniado ou protuberante.

A depender dos mecanismos da atividade que causaram o ferimento, qualquer parte das costas pode ser afetada, causando dor nas costas do lado esquerdo, direito, na parte superior, ou inferior.

E às vezes, não é apenas as costas que doem, a virilha ou pernas e pés podem sentir a dor também. Os tipos clássicos de dor nas costas incluem:

Tensão e distensão das costas

Enquanto uma tensão ou distensão possam afetar qualquer parte das costas, este tipo de dano normalmente causa dor que piora com o movimento.

Outros sintomas incluem câimbra muscular, súbitos espasmos musculares incontroláveis, e dificuldade em ficar de pé, caminhar ou dobrar para frente ou lados.

Segundo Association of Neurological Surgeons, a tensão e distensão muscular são as causas mais comuns de dor inferior nas costas. Este tipo de dor geralmente dura não mais que 2 semanas.

Dor aguda nas costas

Esta é uma dor de curto prazo que é geralmente causada por algum tipo de dano às costas, de praticar esportes ou trabalhar pela casa, ou de um súbito solavanco, como uma queda ou acidente de carro.

A artrite pode também causar dor aguda nas costas.

Os sintomas normalmente duram de alguns dias a algumas semanas.

O tipo mais comum de dor aguda nas costas é mecânico, o que significa que começa nos ossos, ligamentos, discos, membranas ou articulações das costas.

Como com tensão ou distensão, a pessoa pode sentir este tipo de dor pelas costas toda, dependendo onde o dano acontece.

Se tiver dor nas costas mecânica, pode também vivenciar espasmos musculares nas costas inferiores quando tentar levantar algo pesado ou mover as costas mais do que o usual.

Ciática

O nervo ciático alcança as costas a partir de ambas as pernas.

Às vezes, partes do nervo ciático podem ficar irritadas ou se apresentar comprimidas, causando assim um tipo de dor conhecida como ciática.

A ciática normalmente começa na espinha inferior e irradia para baixo para nádegas e parte traseira de uma das pernas.

A razão mais comum para isso é um disco herniado ou de protuberância. A ciática pode causar uma gama de outros sintomas, de uma dor leve ao extremo desconforto.

Tossir ou espirrar pode fazer os sintomas da ciática piorar, como pode, sentar-se na posição por muito tempo.

Outros sintomas, como dormência, fraqueza muscular, ou uma sensação de ardência na perna ou pé são também comuns com ciática.

Uma análise de estudos científicos publicada em 2014 em American Journal of Epidemiology descobriu que estar com sobrepeso ou obeso foram fatores de risco para desenvolver este tipo de dor nas costas.

Assim, é mais um fator para ter atenção com a dor nas costas.