Quem Tem Síndrome de Down Pode Ter Filhos? - Será Que Pode

Quem Tem Síndrome de Down Pode Ter Filhos?

pessoas com sindrome de down podem ter filhos?

Será que realmente casais que tem Síndrome de Down Podem Ter Filhos?

Anúncios

O cuidado com a saúde, junto à possibilidade de interagir com sociedade, torna maiores as chances de a pessoa com Síndrome de Down viver de modo mais independente.

O passo inicial deve partir pela família, que necessita evitar ação de infantilizar o Down na casa e fora da casa.

Por possuir um retardo mental e sexual natural, não é incomum que eles recebam tratamento de criança. Um equívoco.

O comportamento infantilizado surge pela ausência das oportunidades de interagir e da superproteção.

A família não deixa a pessoa crescer, decidir, optar, errar, correr risco.

Deste modo, ninguém amadurece.

Podem ter uma vida normal e ter filhos?

Tal tipo de tratamento é responsável por mais mitos sobre os portadores, de que estes não são capazes de estudar nas escolas determinadas “normais”, ter relacionamento amoroso, trabalhar.

As crianças com a Síndrome de Down devem ter o ensino regular de modo a receber estímulo de conviver com as crianças sem atraso do desenvolvimento, e do mesmo modo, seria adequado que fizessem determinada atividade pedagógica especializada direcionada às demandas específicas.

Além de estudar, há indicação que eles trabalhem quando atingirem maioridade.

Quando treinados e observados no ambiente do trabalho, os indivíduos com Síndrome de Down podem fazer funções segundo sua capacidade individual.

Sobre trabalho

Não existe qualquer impedimento mental ou físico a trabalhar.

Em relação à capacidade da relação com mais pessoas, e mesmo fazer sexo, é situação viável, contanto que isto seja indicado como natural de condição humana.

Os adolescentes com a Síndrome de Down também sentem o desejo.

Para tal jovem, a educação sexual deve se caracterizar mais clara, e é necessário ensinar a compreender o corpo, a ter adequada etiqueta social de modo que não exista falta do limite ou para que não haja interpretação errada.

Tanto o quadro é possível que os jovens com a síndrome se casam, e têm relações sexuais.

A fertilidade para Síndrome de Down ainda é alvo de estudo, no entanto, sabe-se que mulheres são capazes de ter filhos, embora estas sejam menos férteis em comparação com mulheres que não possuem a síndrome.

E sobre os homens com a Síndrome de Down, na sua grande maioria, são determinados estéreis.

Leia também:

Casais com Síndrome de Down Podem Ter Filhos?

Em relação à fertilidade, sabe-se que mulheres apresentando a síndrome têm fertilidade reduzida comparando com as não afetadas, e os homens se mostram praticamente inférteis, ocorrendo somente poucos casos citados de pais com a síndrome.

Isto quer dizer, que é possível gerar filhos pelo casal com Síndrome de Down, no entanto, a chance de a criança ter a síndrome se caracteriza alta.

Um mito sobre a Síndrome de Down, é que trata-se de doença.

Esta síndrome é uma mudança genética que faz o indivíduo apresentar 3 cromossomos 21 no lugar de 2.

As pessoas que não têm a síndrome apresentam 46 cromossomos nas próprias células, e as com a síndrome possuem 47.

Tal cromossomo a mais em células é responsável por determinadas características físicas, sendo exemplo o nariz curto e achatado, olhos puxados, e por prevalência maior de alguns problemas em relação à saúde.

Vídeo | Mulher com síndrome de Down tem um filho sem a síndrome

Vídeo | Ana Hickmann conhece mãe com Down que tem filho sem