Alimentação saudável na gravidez: Alimentos que não podem faltar

Alimentação saudável na gravidez: Conheça os alimentos e vitaminas que não podem faltar na sua dieta

Sabemos que durante a gestação, uma dieta balanceada é extremamente importante, aprenda no artigo de hoje o que você deve incluir para manter a sua saúde e a do seu bebê.

Anúncios

A gestação é um momento muito importante para qualquer mulher, então para garantir que todo o período aconteça de forma saudável e agradável, é preciso ter uma boa alimentação.

É necessário ficar de olho no que está no prato, para ter certeza que está consumindo os nutrientes necessários, tanto para a mãe, como para o bebê. São essenciais as vitaminas A e B, entre outras. 

Alimentação saudável na gravidez

Por isso, é importantíssimo ficar de olho na sua alimentação, afinal mais importante do que  satisfazer a sua fome e a do bebê, é manter uma vida balanceada para os dois.

No artigo de hoje, você vai entender tudo sobre o assunto.

Alimentos  e vitaminas que deve consumir na gravidez:

Sua dieta deve ser rica em grãos inteiros, frutas, vegetais, carnes magras, peixes, etc.

Alguns exemplos de vitaminas que você deve incluir no seu cotidiano, são:

  • Vitamina A: pimentão amarelo, cenoura, abóbora, leite, ovos, iogurte, manga e brócolis.
  • Vitamina B12: alimentos fortificados, ovos e produtos lácteos.
  • Ômega 3: frutos secos, chia, semente de linhaça, abacate, azeite de oliva, nozes e óleo de linhaça.
  • Cálcio: nozes, frutos secos, produtos lácteos, vegetais escuros e gergelim.
  • Zinco: castanha de caju, feijão, castanha-do-pará e amendoim.
  • Ferro: folhas verdes, grão-de-bico, feijão, ovo, ervilha, cereais, pão integral e vegetais.
  • Ácido fólico: tomate, feijão, espinafre, aspargo, couve, brócolis e couve de bruxela.

Alimentos que deve evitar

  • Peixe com alto teor de mercúrio: 

É extremamente importante comer peixe na gravidez, mas você deve evitar os que tenham mercúrio, por exemplo, o atum. 

O mercúrio atravessa a barreira placentária e pode prejudicar o desenvolvimento do bebê.

Evite também o atum em lata pelo mesmo motivo.

  • Peixes, mariscos, carnes e ovos crus:

Esses alimentos precisam ser bem cozidos, porque crus podem gerar uma intoxicação alimentar, além de ainda ter o risco de  ocorrer uma toxoplasmose.

  • Frutas e vegetais sem lavar:

Ao não lavar corretamente os alimentos, você está colocando em risco a sua saúde e a do bebê, afinal frutas e vegetais mal higienizados podem causar intoxicação alimentar.

  • Bebida alcoólica:

É de conhecimento público o quão maléfico é para a saúde do bebê o consumo de bebidas alcoólicas. 

Ao ingerir qualquer bebida do tipo durante a gravidez pode prejudicar o desenvolvimento do bebê, e até causar doenças irreversíveis.

  • Adoçantes:

Os adoçantes artificiais, geralmente são encontrados em produtos diet ou light, e são “vilões” disfarçados de mocinhos para qualquer pessoa, um bom exemplo é o aspartame.

Por isso, alguns podem não ser seguros, e apesar de não existirem dados científicos que comprovem que podem interferir no desenvolvimento do bebê, é bom evitar.

  • Queijos maduros:

Queijo feta, por exemplo, deve ser evitado pelas gestantes, dependendo do queijo consumido, podem ocorrer infecções, que por sua vez, podem causar intoxicações,  partos prematuros e até mesmo abortos espontâneos ou.

Alguns queijos podem causar também tremores, convulsões, dores de cabeça, entre vários outros quadros.

  • Leite não pasteurizado:

São os leites vindo diretamente de sítios ou fazendas, é bom evitar  porque possuem um alto nível de bactérias.

Essas bactérias podem causar infecções intestinais, diarreias e mal-estar. 

Por isso, prefira os leites que passam por um tratamento para não prejudicar sua gestação.

Opções para gestantes

Preparamos algumas opções para você testar em suas  refeições.

  • Café da manhã:

No primeiro dia, comece com um wrap de trigo integral com queijo branco e suco de laranja.

No segundo dia, cereal integral com leite desnatado e uma xícara de frutas cortadas.

No terceiro dia, omelete de espinafre com duas torradas integrais e um suco de mamão sem açúcar.

  • Lanche da manhã:

Primeiro dia, uma vitamina de abacate com um pouco de linhaça.

Segundo dia, um iogurte com frutas cortadas com um pouco de chia.

Terceiro dia, uma banana com manteiga de amendoim.

  • Almoço:

Para começar, um pouco de frango grelhado, arroz com lentilha, salada de alface e tomate, com azeite e linhaça. De sobremesa uma tangerina.

No segundo dia, um pouco de salmão grelhado com batata assada, salada de beterraba e cenoura com azeite. Para finalizar, uma fatia de melão.

Terceiro dia, carne moída com macarrão integral, salada de feijão-verde com cenoura e azeite. De sobremesa, uma fatia de melancia.

Lanche da tarde:

Para o seu primeiro dia, um pouco de nozes com um suco natural sem açúcar.

Segundo dia, apenas uma fatia de mamão.

Terceiro dia, torrada integral com queijo branco, por fim, uma pera.

Jantar:

Comece com uma panqueca de aveia com geleia e queijo, ou manteiga de amendoim e um suco natural sem açúcar.

No segundo dia, um sanduíche integral com peito de frango grelhado e alface, tomate e cebola.

Terceiro dia, salada de peito de peru com abacaxi e um pouco de azeite.

Lanche da noite:

Comece com um iogurte desnatado.

Segundo dia, um copo de gelatina.

Terceiro dia, uma maça.

Bônus: Chás para ajudar durante a gravidez

  • Gengibre:

O gengibre ajuda bastante as gestantes com azia, náuseas e vômitos.

O melhor é tomar sempre de manhã e apenas uma vez por dia, não abuse muito.

  • Arando:

Na gravidez é comum que as gestantes se queixarem de infecção urinária, por isso, o chá de arando ajuda bastante.

Pode tomar 200 ml em suco, uma ou duas vezes por dia.

  • Chá-verde:

Mesmo contendo cafeína, é mais seguro que o café, e é ótimo para combater a falta de energia e o cansaço.

Mas, sempre com orientação médica, consuma uma vez por dia por 4 dias seguidos.

  • Ameixa seca:

Esse é ideal para as gestantes que sofrem com prisão de ventre, os laxantes podem fazer mal na gestação.

Mas a ameixa seca por ser um laxante natural não afeta, basta ingerir uma ameixa 30 minutos antes de cada refeição.

Conclusão

Para evitar constipação, que é comum na gravidez, comece a ingerir bastante frutas, verduras e legumes ricos em água.

Não abuse do sal e beba bastante líquidos. 

Novamente cuidado com os alimentos crus, as frutas mal lavadas, o excesso de açúcar e o excesso de cafeína.

Evite alimentos condimentados como, queijo, doces, massas brancas, repolho, goiaba, etc. Experimente acerola também, pois tem bastante vitamina C e é ótima para o sistema imunológico e para o bebê.

No artigo de hoje você aprendeu sobre como ter uma alimentação saudável na gravidez, o que evitar e o que comer.

Esperamos que esse conteúdo tenha ficado claro, e esclarecido todas as suas dúvidas. Confira outros artigos da Rima dos Sabores, você vai amar as receitas e dicas quentinhas para esquentar esse clima!

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários, teremos prazer em ajudar.

Até o próximo artigo!