Grávida Pode Tomar Omeprazol? Faz mal?

Grávida Pode Tomar Omeprazol? Faz mal?

estou gravida de 6 semanas posso tomar omeprazol?

Você está pesquisando sobre os efeitos do omeprazol na gravidez? Continue em nosso blog que você está no lugar certo!

Anúncios

Pelo aumento de destaque em níveis da ansiedade e estresse, e ainda pelos hábitos ruins para se alimentar, ocorreu aumento de índices de problema estomacal pelo mundo inteiro na atualidade.

As pesquisas indicam que estresse crônico se caracteriza atualmente responsável pelas várias enfermidades, já que esse desregula muitas funções do corpo e é capaz de enfraquecer o sistema imunológico, deixando o corpo mais suscetível para várias doenças, entre estas doenças, as estomacais, como úlcera e gastrite.

O omeprazol se caracteriza um dos remédios de maior uso a esses problemas e vários têm dúvida se tal medicamento prejudica a saúde, e como o mesmo deve ser usado adequadamente.

E em especial, no caso das gestantes, há dúvida recorrente sobre este medicamento, sua utilização, se é permitido.

Anúncios

Função do Omeprazol

O omeprazol se caracteriza remédio genérico que atua no corpo a diminuir a quantidade do ácido produzida por estômago.

Tal remédio é muito indicado ao tratamento de vários problemas de saúde gerados por excesso da produção do ácido em estômago.

Entre eles as complicações das úlceras gástricas e duodenais, complicações do refluxo gastroesofágico.

Ainda com a possibilidade ainda de ser usado no conjunto com remédios antibióticos ao tratamento de úlceras geradas por infecção associada com bactéria Helycobacter pylori.

O omeprazol ainda pode ter uso em tratar doença de Zollinger-Ellison, trata-se de uma condição em que o estômago produz quantidade maior do ácido que normal.

E, o omeprazol pode ser utilizado a evitar sangramento de trato gastrintestinal em paciente bastante doente, podendo ter uso a tratar dispepsia e diminuição de sintomas da indigestão, azia, acidez elevada e arrotos.

Efeitos Colaterais e Contraindicações do Omeprazol

Várias pessoas têm dúvida se o omeprazol é prejudicial para saúde. E, como qualquer remédio, esse pode gerar vários efeitos colaterais através da utilização.

Várias das reações adversas, na situação de presentes, normalmente surgem com leve intensidade, sumindo com a permanência de tratamento ou até ao suspender a utilização do medicamento.

Efeitos colaterais mais recorrentes se caracterizam:

  1. diarréia,
  2. dor de cabeça,
  3. dor abdominal,
  4. constipação,
  5. vômito,
  6. náusea,
  7. perda do apetite,
  8. flatulência,
  9. fraqueza,
  10. cansaço,
  11. mal-estar.

Em presença de reação adversa qualquer, visitar o médico de modo imediato.

Leia também:

Vídeo | Chega de OMEPRAZOL – A SOLUÇÃO com Dr. Lair Ribeiro!

Sintomas diversos

Mais sintomas com menor freqüência, no entanto que podem ter presença através da utilização desse remédio são:

  • insônia, tontura,
  • sonolência, vertigem,
  • aumento de enzimas hepáticas,
  • parestesia, urticária,
  • erupção ou prurido,
  • confusão mental,
  • vermelhidão em olhos,
  • sangramento ou bolha labial,
  • agitação, urina escura ou com sangue,
  • agressividade, depressão,
  • alucinação, estomatite,
  • boca seca, fraqueza muscular,
  • candidíase gastrintesinal, apatia,
  • taquicardia, nervosismo,
  • ansiedade, entre vários outros.

E determinados estudos ainda indicam que a utilização excessiva do omeprazol pode ser prejudicial para absorver minerais e vitaminas, gerando, desta forma, vários problemas de saúde, sendo exemplo a anemia e osteoporose.

Sobre as contraindicações, o omeprazol não tem recomendação aos indivíduos que tenham hipersensibilidade para componentes de fórmula, com complicações de alergias a mais remédios parecidos, com histórico de doenças hepáticas ou de doenças de fígado, entre mais.

O remédio ainda não deve ser utilizado pelas mulheres gestantes sem o médico orientar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.