Empréstimo para MEI na Caixa (Como solicitar?)

Empréstimo para MEI na Caixa (Como solicitar?)

como solicitar emprestimo para mei na caixa

Problemas e falta de informação sobre empréstimo para MEI? Será que a Caixa poderá disponibilizar o crédito?

Anúncios

Está em busca de mais referências antes de tomar alguma decisão? Continue lendo nosso artigo e lhe explicaremos passo a passo.

Novo por aqui? Aproveite e se inscreva agora mesmo em nossa lista de e-mails e receba gratuitamente dicas, novidades e atualizações sobre as melhores condições de crédito para MEI.

Anúncios

Um pouco sobre a Caixa Econômica Federal:

Anúncios

Fundada em 12 de janeiro de 1861, a Caixa Econômica Federal faz parte das instituições financeiras mais conhecidas no Brasil.

Sua sede se localiza em Brasília, Distrito Federal, porém suas agências são facilmente encontradas em qualquer região do país.

A Caixa está ligada ao Ministério da Economia.

Essa instituição, ajuda na política de crédito do Governo Federal.

Entre seus muito objetivos, o mais vigoroso é a promoção da cidadania, que a Caixa prega veemente.

Como funciona empréstimo para MEI na caixa?

Devido à crise em que o Brasil se encontra, a Caixa e Sebrae se uniram e criaram uma nova linha de crédito, destinada a MEIs, micro e pequenas empresas, o CREDMEI.

Para você MEI, o empréstimo terá as seguintes características:

  • Taxas de juros de 1,59%
  • 24 meses até a quitação
  • Carência máxima de 9 meses

Além do empréstimo, o CREDMEI, dará alguns benefícios aos empreendedores que optarem por ele. São eles:

  1. Linhas de investimentos.
  2. Crédito para reformar na estrutura do seu negócio.
  3. Máquina de cobrança para cartão de crédito e débito.
  4. Abertura de conta corrente para pessoa jurídica.
  5. Cartão de crédito ou débito empresarial.
  6. Ajuda para aumentar o estoque de matéria prima e mercadorias.
  7. Empréstimo para aquisição de veículos.
  8. Empréstimo para a compra de máquinas para ajudar na produção.

O empréstimo da Caixa pode ser liberado para qualquer um? Ou somente para MEI?

Para solicitar o crédito, o interessado deve ter em mente que precisa estar dentro de alguns padrões.

O solicitante deve ser formalizado como MEI, ter pelo menos 18 anos, ser um empreendedor ou possuir uma empresa que fature menos que R$20 mil por ano, além de ter uma conta na instituição e não ser negativado.

Um ponto importante também, mas não obrigatório, é que o empreendedor tenha recebido ajuda orientações financeiras.

Agora alguns documentos necessários para pedir o empréstimo:

  • Documentos pessoais do MEI.
  • Comprovante de endereço residencial do solicitante.
  • Certificado de condição de empreendedor individual ou Certidão simplificada da junta comercial.

Como fazer a solicitação?

Para realizar o pedido de empréstimo para MEI na Caixa, o solicitante deve:

  1. Fazer o preenchimento do cadastro que informa qual a atividade exercida pela empresa, no site Portal do empreendedor.
  2. Em seguida, o empreendedor deve se dirigir a uma agência Caixa e realizar o cadastro de MEI.
  3. Após o término dessa etapa, será feita uma análise da solicitação, caso aprovada o empréstimo vai ser depositado na conta do MEI.

Simulação de empréstimo

Antes de tomar qualquer decisão, o MEI deve fazer o planejamento de como vai seguir o processo de solicitar o empréstimo, gerar lucro e pagar a Caixa.

 Quanto devo pedir? Estou investindo no lugar certo, vou ter um retorno? Tudo isso deve ser levado em conta.

Pensando nisso, vamos fazer uma simulação para servir de referência pra você.

Digamos que o MEI que está realizando o empréstimo, tenha as seguintes condições e especificações:

  • Taxas de juros de 1,99%
  • 12 meses de prazo
  • Valor do empréstimo de R$10 mil

Com fundação nesses números, teremos a seguinte situação:

  • O financiamento feito em 12 parcelas será em um valor de R$945
  • O valor final do crédito será de R$11 mil, tendo R$1 mil somente em juros.

Vantagens e desvantagens do crédito destinado para o MEI

Para MEIs, empréstimo podem ser fontes de desenvolvimento e sustentabilidade ou também podem ser bolas de neve, onde o empreendedor irá se endividar e levar seu negócio pro fundo do poço.

A diferença de um para o outro é o planejamento.

Com ele você pode fazer com que sua empresa fique em destaque e ganhe mais, porém sem ele sua empresa pode começar a perder muito e se afundar em dívidas. Fique atento sempre!

Vantagens:

  • Gerar oportunidades para sua empresa e render lucro.
  • A rápida liberação do dinheiro na sua conta.

Desvantagens:

  • Caso você não consiga pagar os juros, sua empresa estará em risco e com isso ficará mais difícil ainda realizar a quitação da dívida, o que irá acumular.

Finalizando

Com todas essas informações e dicas, você está pronto para decidir qual a melhor escolha para sua empresa, boa sorte!

Leia também: Como conseguir crédito no BNDES para MEI

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.