Saiba como participar dos leilões de imóveis da Caixa

Saiba como participar dos leilões de imóveis da Caixa e veja respostas para 10 das principais dúvidas

como participar dos leilões de imóveis da Caixa

Os leilões da Caixa se tratam de um leilão extrajudicial de alienação fiduciária, que surge a partir dos contratos inadimplentes com o banco. Quando o cliente não pode pagar a dívida, a propriedade é consolidada no nome do credor, ou seja, da Caixa.

Anúncios

Nessa situação, o leilão da Caixa pode realizar duas praças para a venda do imóvel e também a venda direta. Essa última é realizada quando o imóvel não é arrematado, podendo ser uma licitação aberta, fechada ou online.

Se você tem ainda mais dúvidas acerca desse leilão de imóveis, prossiga com a leitura do artigo e responda as suas principais perguntas!

Como participar do leilão de imóveis da Caixa?

“Conhecida por seu financiamento de imóvel leiloado, a Caixa traz descontos interessantes para quem busca a casa própria.”

Para participar de um leilão da Caixa na 1ª/2ª praça ou então de uma licitação aberta ou fechada, você deve primeiro ler o edital. Nele, constam as regras, condições, local, data de realização e formas de pagamento.

Se estiver buscando as vendas online, basta encontrar a propriedade que for do seu interesse no site de leilões de imóveis da Caixa. Nele, deve fazer a sua proposta a partir do valor mínimo indicado na página.

+10 dúvidas sobre os leilões da Caixa: o que você precisa saber?

Além de entender como participar do leilão da Caixa, outras dúvidas podem surgir antes de você ativamente entrar nesse negócio. Pensando nisso, viemos responder as suas principais dúvidas acerca do leilão de imóveis!

1. Quem pode comprar os imóveis da Caixa?

Os imóveis da Caixa são acessíveis para qualquer pessoa física ou jurídica acima de 18 anos. A exceção fica para empregados vinculados à SULOG, SUGAD e SUHAD, além dos dirigentes da Caixa (junto dos cônjuges e parentes).

2. É possível utilizar do FGTS no financiamento de imóvel?

Sim, é possível utilizar do FGTS no financiamento de imóvel em todas as modalidades do leilão: praças, licitação aberta, fechada ou venda online.

3. Algum pagamento deverá ser feito ao corretor credenciado?

Durante o processo de obtenção dos imóveis da Caixa, é indicado um corretor credenciado pelo banco para auxiliar. A comissão de vendas dele, se for realizada a compra, é paga pela Caixa.

4. Como é feita a compra na venda direta?

·         Licitação aberta: ela ocorre em espaço presencial, com os lances sendo abertos para todos. Vence o lance que for mais vantajoso para o banco, que deve ser igual ou maior que o preço mínimo estipulado no edital;

·         Licitação fechada: a proposta de compra é feita por escrito e colocada num envelope lacrado. Ele é aberto apenas no dia do leilão do banco e vence quem fizer a melhor proposta;

·         Venda online: a proposta é feita na página do imóvel e vence quem tiver feito a maior antes do cronômetro chegar ao zero.

5. Há valor mínimo de entrada?

O valor mínimo para a venda é de 5%, podendo aumentar conforme a modalidade e o tipo de imóvel no leilão do banco.

6. O que é o depósito caução da licitação fechada?

O depósito caução se trata de 5% do valor de venda do imóvel, que deve ser depositado para que sua proposta seja considerada no leilão.

7. Quem paga as contas e impostos atrasados do imóvel?

Até a data da venda, as contas e o IPTU do imóvel são pagos pela Caixa. Contudo, o adquirente não deve ser responsável pelos débitos e não pode obter o imóvel na 1ª ou 2ª praça. Nesses casos, o pagamento é responsabilidade do novo proprietário.

8. Como saber se o imóvel é ocupado no leilão da Caixa?

Ao pesquisar pelo imóvel de seu interesse, você pode ir em “Resultado da Pesquisa” e clicar no campo “Situação”.

9. Quem é responsável pela desocupação?

A desocupação não é dever do leilão de imóveis, sendo responsabilidade do novo proprietário.

10. O que fazer ao comprar um imóvel ocupado no leilão da Caixa?

Compareça ao Cartório de Registro de Imóveis com a Escritura ou Contrato de Compra e Venda. A partir desse momento, você tem o Direito Real do imóvel e pode solicitar a ação de desocupação.

Vale a pena participar do leilão de imóveis da Caixa?

Sim, pois esse leilão extrajudicial traz inúmeras vantagens para o comprador ou investidor: diferentes modalidades de leilão, descontos elevados, financiamento pelo FGTS, período de carência de 6 meses na parcela de amortização, etc.

E agora que sabe como participar dos leilões da Caixa, você pode entrar nesse mercado e ter sucesso na obtenção de imóveis!