Anfepramona ajuda emagrecer? Veja preço e onde comprar!

Anfepramona ajuda emagrecer? Veja preço e onde comprar!

anfepramona depoimentos de como comprar

Popular ainda como dietilpropiona, anfepramona que se caracteriza um cloridrato, é fármaco anorexígeno apresentando efeitos estimulantes, atuando sobre o sistema nervoso central de modo a inibir apetite.

Anúncios

Principalmente usada a tratar obesidade, tratamento de curto prazo, anfepramona se encontra em mercado do Brasil há mais de 30 anos.

Trata-se de remédio anfetamínico, e assim, possui semelhantes conseqüências, ainda que menores, comparando com anfetamina.

No país, a ANVISA havia proibido a comercialização dessa substância no ano de 2011.

No entanto, um projeto de lei contrário a tal medida teve aprovação em setembro de 2014, no Senado, a permitir que medicamentos que apresentassem anfepramona e alguns mais fármacos pudessem ter prescrição e venda novamente.

Efeitos Colaterais Anfepramona

Efeitos colaterais mais comuns correspondem à insônia, boca seca, nervosismo, vertigens, cefaléia, irritabilidade, constipação, manifestações depressivas, taquicardia, hipertensão, ansiedade e tremores.

Anfepramona poderá ainda induzir positivos resultados em teste de dopping, e assim, deve ser usada cautelosamente pelos esportistas.

Desta forma, anteriormente a iniciar qualquer terapia em relação à obesidade que tenha base na anfepramona, é preciso fazer consulta com médico, que vai conseguir oferecer informações acerca da dose particular para cada caso, efeitos colaterais, e riscos potenciais todos da utilização desse remédio.

E àqueles que procuram apenas um modo rápido de emagrecer, é importante considerar que o processo da perda de peso, a ser saudável, se mostra gradativo e associado com alimentação equilibrada e regulares atividades físicas.

Anfepramona realmente emagrece, porém, apenas deve ser usada se prescrita.

Ação da Anfepramona

Anfepramona atua de modo direto em liberar noradrenalina, o neurotransmissor que é responsável, entre mais coisas, por sensação da saciedade. Portanto, com atuação em hipotálamo, a substância possui efeito anorexígeno, saciogênico.

E como serve de estimulante para sistema nervoso central, pode aumentar pressão arterial.

Trata-se de remédio que ocasiona dependência, gera mudanças psíquicas e causa tolerância, assim, há necessidade de doses cada vez superiores a ter o idêntico efeito quanto maior o tempo da utilização.

De acordo com relatório da OMS, Organização Mundial da Saúde, tolerância para efeitos da droga podem acontecer entre seis a doze semanas.

Anfepramona deveria ter função apenas coadjuvante para tratar obesidade, portanto, deveria ser acompanhada da dieta da restrição de calorias, dos exercícios físicos e reeducação de comportamento.

Por todas estas razões, no entanto, a mesma tem sido desviada da sua utilização clínica, a servir ao uso recreacional e mesmo dopping em relação aos esportes.

Como emagrecer com anfepramona

Indicações geral

Únicos casos em que anfepramona tem recomendação são:

  • sobrepeso patológico
  • obesidade exógena

Tal substância tampouco deve ser usada sem contar com exercícios e dieta saudável, mesmo que seja verdade que anfepramona realmente emagrece.

Contraindicações

Anfepramona tem contraindicação nos casos da arteriosclerose grave, hipertensão grave, glaucoma, arritmias, hipertireoidismo, insuficiência renal e ou hepática, pacientes com histórico dos distúrbios psiquiátricos, epilepsia, alcoolismo crônico.

Tampouco há recomendação para crianças com idade inferior a 12 anos, e idosos.

Não se deve usar anfepramona na situação da alergia para essa substância, e muito menos na concomitância para inibidores da monoamina oxidase.

Na situação da gestação ou lactante, o fármaco é contraindicado também, já que anfepramona tem eliminação em leite materno.

É necessário ainda cuidado na ingestão deste remédio se fizer uso de determinados anti-histamínicos, drogas a tratar diabetes e depressão, alguns analgésicos.

Leia também: